Vem aí mais um #YOLO com o Grupo It Brazil

itbrazil-yolosydney

Em sua quarta edição, a websérie #YOLO conecta mais uma vez marcas com influenciadores digitais

O Grupo It Brazil está na quarta edição da websérie #YOLO, desenvolvida totalmente pela empresa, agora desembarca em Sydney, na Austrália, com quatro nomes que somam mais de 8 milhões de audiência na web: Franciny Ehlke (@francinyehlke), Thalita Ferraz (@thalitamakes), Cacau (@claudiiaoficial) e Tete Clementino (@teteclementino). As marcas Dakota Calçados, Dailus, Planet Girls e Francisca Joias são as principais patrocinadoras dessa temporada.

As youtubers vão passar dez dias viajando, retornando apenas no dia 25 de março cheias de conteúdos para mostrar.

A websérie “YOLO” vem da  expressãoYou Only Live Once (você só vive uma vez), que passa a mensagem de que cada momento deve ser aproveitado ao máximo mesmo que se tenha que correr riscos. Duas temporadas com destinos diferentes são gravadas por ano com Youtubers.

yolobarcelona-2

yolovegas-1

As temporadas de 2015 foram #YOLOVegas, com participação das youtubers Kéfera Buchmann, Nah Cardoso, Taciele Alcolea e Maddu Magalhães que impactaram 20 milhões de pessoas e #YOLOBarcelona teve como destaque Niina Secrets, Gabi Luthai e Luisa Accorsi com 8 milhões. A temporada do #YOLOMarrakech aconteceu em 2016 e superou as expectativas atingindo 20 milhões de pessoas e contou com Thaynara OG, Bianca Andrade (Boca Rosa), Bruna Louise e Paty dos Reis. Para o #YOLOSydney espera-se ter 8 milhões de expectadores.

yolomarrakech-4

Os destinos são escolhidos pela CEO do grupo, Patricia Brazil, depois de uma pesquisa de tendências internacionais e informações sobre o que estará em alta. “Vegas foi o destino desejo de 2015, assim como Marrakesh em 2016, para 2017 a Austrália será um dos destinos mais desejados do mundo. Faço pesquisas de tendências da moda e turismo para trazer sempre o que estará em alta. Assim como as influenciadoras que estão participando dessa temporada. Franciny Ehlke será a influenciadora digital teen que mais vai crescer em 2017. Assim como Tete Clementino que é a maquiadora que mais cresce nas redes sociais. A Thalita é DIY, deve atingir 2 milhões de seguidores e no seu segmento é a que mais cresce. A única Ex-BBB 16 que vem chamando atenção é a Cacau e vamos ajudá-la a se tornar uma verdadeira influenciadora digital ao longo de 2017 ”, diz a fundadora da It Brazil.

O primeiro vídeo da temporada #YOLOSidney estará disponível no canal do YouTube do Grupo It Brazil  a partir de 04 de Abril.

YOLOSYDNEY

itbrazil-yolosydney

“Nós do It Brazil visamos conectar marcas com influenciadores digitais de uma maneira inusitada e inovadora. Trazendo conteúdo que engaje o público e que dê resultado efetivo para as mesmas. Já criamos cases de dobrar os seguidores no Instagram da Garnier Brasil em 24h. Ficamos em novembro de 2016 com 3 vídeos publicitários no TOP 10 do Youtube na ação da Casa de Verão da Anitta.”, afirma Thomaz Terini, CEO do grupo.

Ansiosos para mais uma temporada do #YOLO? Vamos se inscrever no canal do Grupo It Brazil pra não perder nada! #YOLOSYDNEY #SeeAustralia

Frases do livro “Não se enrola, não” da Isabela Freitas

isabela-freitas-livro-nao-se-enrola-nao

Esse ano foi lançado o livro “Não se enrola, não”, o terceiro livro da autora Isabela Freitas. Confesso que sou apaixonada pelos dois primeiros e estava mega ansiosa pra conferir o terceiro Uma tarde, eu estava no shopping esperando uma sessão no cinema que ia demorar umas 3 horas pra começar ainda, sentei na Saraiva e li até o oitavo capítulo! E na semana seguinte, consegui terminarde ler em casa e hoje estou aqui com o livro autografado e ainda mais ansiosa para o próximo <3 haha

112isabela-freitas-livro-nao-se-enrola-nao

Quem se encantou com Pedro Miller nos dois últimos livros, nesse terceiro você com certeza vai pirar ainda mais! (alerta spoiler!) Li o livro super rápido porque estava louca pra saber o que ia acontecer com o casal Isa e Pedro <3 E Isabela Freitas, por gentileza, escreva logo o quarto livro porque não estou aguentando de ansiedade. Se você ainda não leu, corre! Agora vamos para as frases mais fofas e sinceras do livro:

  • Tudo aqui é intenso. Do amor ao desprezo, sempre sinto muito.
  • O amor não precisa de rótulos para existir, não precisa ser algo que podemos tocar com as mãos, não precisa ser um status nas redes sociais, muito menos um metal que envolve os dedos. O amor não precisa ser declarado em voz alta, nem do toque, nem do cheiro. Ás vezes, só de estar perto de uma pessoa sabemos quanto a amamos. O amor não precisa de um porquê, de uma justificativa. O amor existe, e é isso que o torna tão incrível.
  • Não se iluda. Nem todo mundo que sorri pra você é alguém que mereça seu carinho. A carência a impulsiona a cometer loucuras.
  • Não prometa o que não pode cumprir. Não alimente seu ego dando falsas esperanças para alguém que não fará parte do seu futuro.

isabela-freitas-livro-nao-se-enrola-nao

  • Ninguém está acima de você. Lembre-se: no pódio das suas prioridades o primeiro lugar é seu. O segundo, também. O terceiro? Também.
  • Você acha que só vai ser feliz quando encontrar a pessoa certa? Errado. Você só vai ser feliz quando parar de depositar suas chances de ser feliz nas mãos de outra pessoa.
  • Sua vida, suas vontades. Não se torne alguém que só recebe ordens.
  • Se apaixone várias vezes num dia só. Por você, por um hobby, por um livro, por um filmepor uma música, por pessoas. Você pertence ao mundo, não a alguém.
  • Você não esquece uma pessoa substituindo-a por outra. Você esquece seguindo em frente.

isabela-freitas-livro

  • Para começar, achar o amor da sua vida é muito fácil: basta se olhar no espelho. É isso mesmo. Você é o grande amor da sua vida, vai ser sempre sua grande paixão, seu grande motivo para acordar feliz todos os dias, acreditando que pode mudar todo o curso da própria história.
  • Se for complicar, nem vem. Isso já faço muito bem sozinha.
  • Você sabe que amadureceu quando tem preguiça de odiar as pessoas.
  • Sentiu? Fale.
    Doeu? Reclame.
    Chateou? Peça desculpas.
    Duvidou? Esclareça.
    Achou que é amor? Ame.
    Não que isso seja fácil.
  • Desapego é saber o que deve ser mantido e o que nunca deveria ter entrado na sua vida.

isabela-freitas-livro

Confira no blog a resenha do livro “Não se apega, não”,  resenha do livro “Não se iluda, não”,  a entrevista que eu dei sobre o livro “Não se apega, não” para o Portal G1 e as frases dos primeiros livros.

6 filmes que estão concorrendo ao Oscar 2017 que você precisa ver

la-la-land

Olá, olá! Por aí vai tudo bem? Aqui quem vos escreve mais uma vez é o Gui Guimarães (dono da página de cinema Claquette). Antes de mais nada, peço desculpa pelo meu sumiço. Você sabe, né? Fim e começo de ano nos tiram totalmente da rotina e a gente acaba ficando meio sem ritmo para escrever e fazer as coisas bonitinhas que nos deixam felizes, não é verdade? Porém, aqui estou eu falando daquilo que mais amo na vida: Cinema. Hoje trago dicas especiais de filmes que estão concorrendo ao Oscar deste ano e que precisam ser vistos não só para você ficar por dentro do circuito de cinema hollywoodiano, mas também para acrescentar positivamente na sua formação como pessoa e cidadão do mundo. Então, bora lá? :D

1) “Estrelas Além do Tempo” (Theodore Melfi/2016/) – Título original: “Hidden Figures”

Estrelas Além do Tempo

Neste longa-metragem, acompanhamos a história de 3 amigas, Katherine Johnson, Dorothy Vaughn e Mary Jackson, que trabalhavam na NASA nos anos 60, desempenhando importantes funções em seus respectivos cargos. Mesmo elas estando por trás de grandes feitos na  história espacial dos Estados Unidos (e da Terra), sendo responsáveis pelo bem-sucedido lançamento do astronauta John Glenn para a órbita do planeta e seu cálculo de retorno em segurança, Johnson, Vaughn e Jackson sabem que o maior desafio de todos é diário e constante: enfrentar o preconceito segregacionista das pessoas unicamente por serem negras. Um filme estrelado por Taraji P. Henson, Octavia Spencer e Janelle Monáe que nos ensina verdadeiras lições de vida e nos transmite uma crítica bem interessante sobre a sociedade em que vivemos, pois mesmo sendo feito sobre os anos 60, muita coisa ainda se aplica aos dias de hoje, infelizmente. Se você busca por uma película recheada de diálogos e falas que destroem discursos de ódio, essa é a opção certa.

2) “Manchester à Beira-Mar” (Kenneth Lonergan/2016) – Título original: “Manchester by the Sea”

Manchester à Beira-Mar

Às vezes, um drama não precisa nos fazer chorar incontrolavelmente para nos fazer compreender as dores e o sofrimento de um personagem e nem por isso ele é menos eficaz. Ao assistir esse filme, tive a nítida impressão de estar acompanhando um relato sincero, honesto e quase documental da vida de Lee Chandler, vivido por Casey Affleck. Como se eu estivesse lá, presente em casa cena, apenas observando. Diálogos incrivelmente duros marcam a película e nos ensinam que muita coisa pode ser dita pelo não dito. Um drama para refletir.

3) “La La Land – Cantando Estações” (Damien Chazelle/2016) – Título original: “La La Land”

la-la-land

A bela história do casal Mia e Sebastian nos envolve do começo ao fim, literalmente. É uma tarefa quase impossível não se entregar de coração e alma aos mais variados embalos rítmicos do filme, que vai desde canções empolgantes à mais tênues baladinhas apaixonadas. “LLL” me cativou de verdade e quem gosta de musicais também vai se sentir hipnoticamente atraído pelo filme. Mas nem só de música boa, ótimos figurinos e uma excelente direção de arte foi feita esta obra. Existe uma mensagem muito bacana implícita na narrativa que nos faz pensar sobre as nossas prioridades. É um verdadeiro soco no estômago para quem gosta de clichês.

4) “A Chegada” (Denis Villeneuve/2016) – Título original: “Arrival”

A Chegada

Esse filme é pura poesia em forma de imagens e sons. Tão cheio de sutilezas e nuances que chega a ser difícil decifrá-lo por completo. O espectador faz um mergulho profundo nos anseios e sentimentos, nas angústias e paixões da Dra. Louise Banks, interpretada pela brilhante (e ignorada pelo Oscar) Amy Adams, uma linguista que é chamada pelo governo dos Estados Unidos para decodificar um idioma alienígena, na esperança de que assim humanos e aliens possam estabelecer um diálogo. Esqueça seus preconceitos contra filmes sobre “ETs” porque este longa-metragem desconstrói tudo o que você acha que sabe a respeito.

5) “Moonlight – Sob a Luz do Luar” (Barry Jenkins/2016) – Título original: “Moonlight”

Moonlight - Sob a Luz do Luar

É alarmante como, no mundo todo, ainda existem pessoas que não se atentem aos danos que o bullying pode causar na vida de alguém. Em “Moonlight”, acompanhamos a trajetória de Chiron, um negro gay da periferia de Miami. Se sofrer algum tipo de preconceito já é doloroso, imagina ser duplamente alvo de pessoas preconceituosas? A única coisa que tenho a dizer sobre este filme é: Obrigado. Devo agradecer pela sua identidade, os seus desejos, as suas angústias. Little, Chiron, Black: Todos esses nomes são acepções do mesmo sujeito. Uma vida fragmentada, estilhaçada, destruída e reconstruída a partir de um trauma. Ao mesmo tempo, penso “Moonlight” como uma espécie de “Boyhood” às avessas. Diferente do projeto de Richard Linklater, a ideia aqui é perseguir a existência de uma pessoa ao qual o “sonho americano” não alcança. É difícil medir, nesse sentido, a quantidade de sofrimento e de indecisão que esse homem, negro e gay, duplamente discriminado, passa durante o filme. Estou também totalmente fascinado pela atuação sensível de Mahershala Ali; pela trilha sonora delicada, mas, ao tempo, presente; e pela fotografia. “Moonlight” é cinema dos grandes, daqueles que nos fazem pensar.

6) “Capitão Fantástico” (Matt Ross/2016) – Título original: “Capitain Fantastic”

Capitão Fantástico

Poderia fazer uma breve análise sobre o filme, mas ficarei com uma bela frase dele: “Poder ao povo! Abaixo ao sistema!”. Só dela ter sido proferida num filme indicado ao Oscar (ápice do egocentrismo capitalista) é motivo suficiente para fazer dele um clássico recém-nascido. Belíssimo em amplos sentidos! O espectador pode ver de perto a vida alternativa de uma família norte-americana que optou viver numa floresta. Longe da civilização, eles aprendem juntos a viver no planeta sem agredir o meio-ambiente e se tornam pensadores natos já que a única diversão é ler e descobrir coisas novas a respeito do mundo.

Já assistiu algum desses filmes? Conta nos comentários! Espero que gostem das recomendações. Até a próxima! :D

Músicas de sucesso no Carnaval 2017

nego-do-borel-anitta-safadao-carnaval

A semana já está acabando e o Carnaval vem tomando conta das ruas, jornais, redes sociais e tudo que tem direito! hahaha Você já sabe cantar as músicas dos trios? Já memorizou as coreografias? O Carnaval chegou e ninguém pode ficar parado!

Tem funk, axé, sertanejo! Ritmos não faltam pra agradar todo mundo :) Então vamos escutar as músicas que já são hits desse Carnaval 2017!

MC G15 – Deu Onda (KondZilla)

Simone & Simaria – Loka ft. Anitta

Claudia Leitte – Taquitá

MC Kevinho – Olha a Explosão (KondZilla)

Nego do Borel – Você Partiu Meu Coração ft. Anitta, Wesley Safadão

Preta Gil – Eu quero e você quer

E qual a sua música preferida para esse Carnaval? Tem alguma pra indicação? :) Compartilha com a gente nos comentários

Então, que seja doce.

girl-texto-sentimento

Eu tenho sentido falta de muitas coisas ultimamente. Minha nostalgia anda cada vez pior. Às vezes, tenho a sensação de que alguém chega de mansinho e coloca o dedo na ferida de propósito para fazer doer um pouco mais. E dói mesmo. Só que essa amargura toda não cabe aqui dentro do peito. Sabe, eu sempre acreditei que a energia de uma pessoa é o real motivo pelo qual ela está passando por momentos bons ou ruins. Se você pegar toda a negatividade ao seu redor e guardar para si, não vai sobrar lugar para as coisas boas, entende? Depois de um tempo quebrando a cara, finalmente aprendi a filtrar, mas sei que de vez em quando esquecemos disso e partimos para queda livre. Por sorte, alguma coisa sempre nos puxa de volta e impede que a queda seja infinita.

Hoje finalmente consegui me encontrar nessa confusão, senti uma vontade indescritível de fazer as coisas ficarem bem. É que eu não combino com essa coisa ruim que anda me engolindo aos poucos. Não sei viver com base naquilo que os outros esperam de mim. Nem sempre vou estar cem por cento, ninguém consegue ser assim. Ser de ferro. Ter um coração de pedra. Até o homem de lata encontrou uma forma de amar, não é? Eu sou um excesso ambulante. Sinto demais, me expresso demais, me machuco demais. As manchas roxas externas nem sempre são feitas de desastre. Todo mundo sabe disso. Há inúmeras delas espalhadas pelo meu corpo. Sei exatamente de onde vieram. Sentimentos acumulados.

Acendi um incenso de morango pela casa e fiz questão de fazer uma prece. Que toda essa energia negativa vá embora. Que passe pela porta da frente junto com a fumaça e se perca nas nuvens lá de cima. Pode chover, eu não ligo. Que caia uma tempestade. Sei que isso vai acontecer, mais cedo ou mais tarde, mas não tenho grandes expectativas. Definitivamente deixei a alma transparente, e que ela fique assim por um bom tempo. Que a leveza se torne indispensável para qualquer um. Que seja doce.

Que todo dia seja um motivo a mais para sermos gratos. Que um tempo nublado não seja motivo para deixar o sorriso guardado em casa. Que as horas passem mais devagar para podermos ver cada detalhe. Que o mau humor não faça morada. Que a alma pesada seja lavada com um banho de chuva fresquinho. Que depois de um tempestade tenha um arco-íris pintado no céu. Que aquele preto e branco minimalista dê lugar de vez em quando para uma cartela de cores vibrante. Que possamos contar os minutos para ver alguém especial. Que aquela mensagem de texto inesperada transforme o dia. Que aquela forcinha para que dê tudo certo seja com fé. Que o brilho nos olhos nunca se perca. Que nossos sonhos sejam maiores do que o medo. Que seja doce a partir de hoje.

Kelly Mathies – Caligrafando-te