All Posts By

Hugo Nery

Espelho: um vilão que virou herói

espelhoheroi

Todo dia que eu acordo, me deparo com meu espelho. E eu acho incrível como ele me conhece tão bem, tão profundamente. Como ele reconhece meus sentimentos e joga na minha cara quando estou feliz ou triste. Aliás nos dias tristes ele é terrível, me faz pensar que sou a pior pessoa do mundo, por simplesmente ser quem eu sou. Que fui um erro divino ou apenas um erro humano. Que minhas características físicas são defeitos que me definem, e que elas são as responsáveis pelos meus fracassos amorosos, profissionais e sociais. Nos dias tristes eu o evito porque ele reflete uma realidade muito verdadeira, e a verdade dói.

Porém, muitas vezes, a verdade do espelho é só um reflexo das mentiras cheias de insultos e inveja que as outras pessoas me dizem. Ou a verdade do espelho são ilusões causada por um dia ruim no trabalho ou uma briga com melhor amigo ou pela decepção de um amor não correspondido, um amor não recíproco ou até um amor abusivo. Neste caso, a verdade é libertadora. Me liberta da tristeza, e é aí que meu espelho vira herói. É aí que ele joga na minha cara o melhor de mim. Que na verdade minhas características físicas são meus diferencias nesse mundo. E que junto com meu caráter me fazem ser a pessoa mais linda desse planeta. E é neste momento que eu me pergunto, espelho, espelho meu, existe alguém mais bonito que eu? E se alguém disser que não, eu faço que nem meu espelho nos dias felizes, só reflito amor.

– Hugo Nery

espelhoheroi

Sistema Estelar – Poema

sistema-estelar-poema

Você é a estrela do meu sistema,
A luz que me guia,
A inspiração dos meus poemas,
O amor da minha vida.

Vida que mudou,
Brilhou,
Transcendeu,
Transbordou.

Felicidade,
Verdade,
Reciprocidade.

sistema-estelar-poema

Que vai muito além da intimidade dos nossos corpos mortais.

Mas, da intimidade das nossas almas imortais.

Porque quando essa vida acabar,
Nosso amor vai continuar,
E vamos nos reencontrar,
Em algum sistema estelar.

Hugo Nery

Dica de filme: Moonlight

moonlight-oscar

Oii galera, tudo bem? Estou de volta com mais uma dica de filme pra vocês! Pra quem ainda não me conhece, sou o Hugo, colaborador do blog Teka Tecla :) Mês de férias está acabando, mas ainda dá tempo de descansar e assistir um filminho, né? Hoje vou trazer pra vocês uma dica de filme que foi vencedor do OSCAR:

MOONLIGHT: Sob a Luz do Luar

moonlight-oscar

Dirigido por Barry Jenkins e escrito Tarell Alvin McCraney, MOONLIGHT traz a história de Chiron, um menino pobre, que sofre bullyng por ser diferente dos colegas de classe, que tem uma mãe usuária de drogas e que não gosta dele, e no qual seu melhor amigo é o chefe do tráfico da região. Tudo isso fez com que Chiron crescesse um jovem triste, tímido e reprimido, ainda mais na fase da adolescência, quando o bullyng se torna agressão por ele ser homossexual.

Se você gosta do gênero drama, esse filme é um prato cheio. Além da reflexão sobre o preconceito contra os homossexuais – apesar de ser um tema bastante abordado em outros filmes, da forma que foi abordado neste eu nunca tinha visto. Jovens da periferia que são “obrigados” a se encaixarem no estilo “bad boy” (caso contrário podem até sofrer agressões físicas, além é claro, das psicológicas), e que sofrem muito internamente por não poderem ser quem realmente querem ser – o filme traz outras reflexões interessantes sobre temas polêmicos:

1 – Mães usuárias de drogas que não conseguem ajudar seus filhos no dia a dia e eles acabam tendo que se virar sozinhos ou com ajuda de estranhos que as vezes estão mal-intencionados;

2 – O bullyng agressivo nas escolas que causa uma revolta tão grande em quem está sendo zuado, que pode levar a uma vingança mais agressiva ainda.

SIM, um filmão desses… tinha que ganhar o OSCAR mesmo! Ah, uma dica para quem chora em filmes, prepara os lencinhos, e claro: a pipoca.

É isso galerinha! Espero os comentários de vocês aqui em baixo em?! Beijos e ótimo filme!

Ansiedade – Poema

ansiedade

Ansiedade
tão difícil de lidar
que parece maldade
em casos mais graves
causa insanidade

Se formar
Trabalhar
Viajar
Namorar
Casar

Parem de pressionar

A tristeza vem
Paralisa a mente
Sufoca o coração
E quando ver
Está doente

Calma, deixa eu respirar

O novo mal da humanidade
Tem velhos remédios
Esperança, amor
E alguém
Com muita
Reciprocidade

Hugo Nery

ansiedade

Séries que eu gosto! <3

serie-netflix

Oii galera, que saudades de vocês, tudo bom? Para quem ainda não me conhece eu sou o Hugo Nery do blog Eficientes e consegui um tempinho no TCC para fazer uma lista que vocês vêm pedindo há muito tempo, MINHAS SÉRIES FAVORITAS! É bom dizer que antes do último ano do ensino médio eu não assistia séries (há não ser EU A PATROA E AS CRIANÇAS e TODO MUNDO ODEIA O CRIS), então é bem provável que algumas séries tradicionais e atuais não estejam aqui, (NÃO ME JULGUEM, rsrs). Lá vai:

Vikings

serie-netflix

Criado por Michael Hirst e estreado em 2013, Vikings conta a história do grande Ragnar Lothbrok (Travis Fimmel, QUE HOMÃO) – um dos maiores heróis nórdicos que os livros de história nos apresenta – e sua família, que inicialmente é constituída por sua mulher, skjaldmö Lagertha (Katheryn Winnick – MINHA CRUSH), e seu irmão Rollo (Clive Standen, NÃO SEI SE ODEIO OU ADMIRO). Com 4 temporadas, (e a quinta já confirmada pela History, OUVI UM ALELUIA?), Vikings tem como principais características seus desfechos rápidos, traições em busca do reino e muita, mas MUITA ação. Além, é claro, de uma aula de história que nos apresenta uma cultura totalmente nova e que de certa forma contribuiu para a nossa atual cultura ocidental. 3 temporadas inteiras disponíveis na Netflix, a quarta só foi liberada a primeira metade até o momento.

Legitserie-netflix

Criado e roteirizado pelo diretor Peter O’Fallon e o comediante Jim Jefferies, LEGIT é uma série muito polêmica que aborda temas como sexualidade, religião e alguns tabus sociais com muito bom humor. Com apenas 2 temporadas com 13 episódios de 20 minutos cada uma, a série conta a história do próprio Jim Jefferies, um comediante recém chegado da Austrália, que vive com seu amigo Steve Nugent (Dan Bakkedahl), no qual tem um irmão deficiente Billy Nugent (DJ Qualls). Billy está internado e pede para Jim realizar um desejo um tanto quanto particular…Quer descobrir o que é? Disponível no Netflix.


The Walking Dead

serie-netflix

O QUE VOCÊ FARIA EM UM APOCALIPSE ZUMBI? The Walking Dead tem a resposta, matar ou morrer. A série faz uma reflexão: em uma situação no qual sua vida está em perigo, vale tudo para salvá-la? E é isso que eu mais gosto nessa série. Além, é claro, das cenas de ação, das batalhas entre civilizações, da Carol (Melissa McBride), do Daryl (Norman Reedus) e do Carl (Chandler Riggs) meus personagens favoritos. E para você que ainda não assistiu, a série começa contando a história de Rick Grimes (Andrew Lincoln), um policial que após uma abordagem fica em coma, e quando acorda percebe que o hospital está vazio, sua família sumida e sua cidade cheia de zumbis. E se prepare para chorar muitão. A série está na 7°temporada e é exibida no Brasil pelo canal FOX, todo domingo ás 23:30. Algumas temporadas estão na Netflix

Black Mirror

serie-netflix

A SÉRIE QUE VAI BUGAR SUA MENTE! Charlie Brooker mostrou todo seu talento criando essa série original da Netflix. Sem nenhuma ordem cronológica entre os episódios, não há necessidade em começar pelo primeiro da primeira temporada. Mas o que faz essa série ser tão boa? A projeção de como a tecnologia pode afetar as nossas vidas, seja no âmbito pessoal (como descobrir uma traição do seu parceiro ou parceira através da memória ocular dessa pessoa que fica salva em um HD que tem a opção de conectar com qualquer dispositivo com tela e mostrar todo o conteúdo), ou no âmbito social (quando o governo usa um aparelho que muda a aparência de certa população considerada inimiga de guerra). Recomendo não assistir sozinho, pois irá querer ficar em posição fetal e choraR. NÃO QUE EU TENHA FEITO ISSO, MAGINA, DE JEITO NENHUM! hahaha. A série tem 3 temporadas e obviamente estão todas no Netflix.

Breaking Bad

breaking-bad

Já pensou que seu professor de química, todo engraçado e fofo, pode ser chefe do maior quartel de metanfetamina dos E.U.A? Pois é, o professor de química Walter White (Bryan Cranston) vivia uma vida pacata, apesar de ser um GRANDE químico, até ser diagnosticado com câncer no pulmão. Sem ter dinheiro para pagar um tratamento, Walter vê em um programa de TV o tanto de grana que o tráfico de drogas traz em pouco tempo. Apesar de ter seu cunhado trabalhando na agência de narcóticos (como diria Nicole Bahls: TEM QUE TER CORAGEM), Mister White encontra seu ex-aluno Jesse Pinkman (Aaron Paul), um pequeno vendedor de maconha e propõe para ele uma parceira, produzir e vender metanfetamina com divisão total dos lucros. O que Walter White não sabia é que essa vida expõe extremamente sua família e só levam a dois caminhos, a morte ou a prisão. Todas as 5 temporadas estão disponíveis na Netflix.

Espero que gostem, mas me digam já assistiram essas? E quais as suas favoritas? E… antes que eu me esqueça, tem alguma para indicar? Comenta aí que eu prometo responder todo mundo, beijos e até mais!!