Tudo na categoria

Fotografia

Fotografia na Faculdade

Como muitos leitores já sabem, eu faço faculdade de Publicidade e Propaganda, entrei esse ano e estou no segundo semestre. Uma das matérias que tive era Fotografia, e eu aprendi muita coisa que eu nem imaginava. Ser fotografo NÃO é só pegar uma câmera e sair fotografando por ai, saibam disso. Você aprende várias funções de uma câmera, sobre luz, foco, abertura, profundidade e muito mais! E resolvi mostrar pra vocês o meu primeiro trabalho de fotografia na faculdade.

O que tinha que fotografar?

”Capturar diferentes imagens demonstrando os conceitos de obturação (velocidade) e profundidade de campo (abertura).”

Vocês que pensam que fotografar é só pegar a câmera e apertar um botão, estão muuito enganados (é sério!). Comecei aprendendo o que era o obturador e diafragma, só por ai, dá pra saber que não é tão simples assim… E ainda mexer no zoom, e no foco da câmera.

O trabalho era tirar 4 fotos: uma com movimento e que ficasse ”congelada”, com movimento e ”borrada”, com muita profundidade, e com pouca profundidade. O professor entrega a câmera da mão do aluno e você está #livre para andar na faculdade e fotografar o que quiser utilizando os conceitos que ele ensinou nas aulas! Vejam as fotos:

1- Tentativa de tirar uma foto com muita profundidade:

2- Tentativa de tirar foto com pouca profundidade: (deixar o fundo desfocado)

Essas duas fotos mostram bem sobre profundidade e foco, na primeira foto a torre não está focada, chamando atenção o cubo, o livro e bola no fundo. E na segunda foto, a torre está focada, deixando sem foco os objetos que estão atrás:

E essas são as fotos que eu escolhi para entregar no trabalho:

1- Foto com movimento – Borrada 

2- Foto com movimento – Congelada 

3- Foto com muita profundidade

4- Foto com pouca profundidade (fundo desfocado)

Adorei as aulas de Fotografia, e espero aprender cada dia mais! Qual foto vocês mais gostaram? Se quiser saber mais informações sobre a faculdade, ou o curso é só deixar um comentário no post que eu respondo, e vou estar sempre compartilhando com vocês outros trabalhos da faculdade também :) Beijos!

Dia da Fotografia com Thainara Parisoto

Para comemorar o dia da fotografia, queria fazer algo diferente para postar… E surgiu a ideia de entrevistar uma fotografa! Alguém que gostasse realmente detirar fotos e decidiu seguir essa carreira como profissão.

A escolhida foi a Thainara Ferreira Sousa Parisoto, conheço ela por ter estudado na mesma escola em que eu estudei. A libriana nasceu dia 20 de outubro de 1993 em Osasco. Seu sonho é ter sucesso em sua carreira, e é viciada em filmes e série. Fiz algumas perguntas e ela me respondeu, espero que vocês gostem da entrevista :)


Uma curiosidade sua: Para mim, fala-se “trabisseiro”, mas escreve travesseiro. HAHAHA! Não, não estou zoando. Meus amigos me zoam com isso até hoje!

Como surgiu a vontade de fazer faculdade de fotografia? Acredite ou não, pela graduação de publicidade. Passei no vestibular para fazer publicidade e propaganda e meu pai me questionou o porquê de eu querer fazer o curso, eu respondi dizendo que na publicidade queria me especializar em fotografia publicitária e ele me perguntou “mas, porque você irá fazer publicidade?” e a partir dessa frase, meu mundo “caiu” e eu mudei tudo. Fiz um curso básico e simplesmente me apaixonei mais por fotografia e aí decidi seguir meu sonho de fazer faculdade de fotografia.

Você já fez algum curso para aprimorar as técnicas? Sim, eu fiz um curso básico de formação em fotografia pelo SENAC.

O que você gosta de fazer nos seus tempos livres, além de fotografar? Sou uma cinéfila assumida, viveria no cinema se pudesse.

O que a fotografia significa para você? Amor. Memória. Felicidade. Pra mim, não é só uma foto que eu tirei e achei bonitinha, fotografia é marcar a pessoa de alguma forma.

O que te inspira ao fazer uma foto? Tudo depende do que eu estou fotografando. Se for uma paisagem, gosto de mostrar aquilo que ninguém vê; ou que vê, mas não admira; exemplo do céu com a suas mudanças de cores que ninguém admira! E, se for pessoas, gosto de mostrar a essência dela.

Muitas pessoas acham que fotografar é fácil e que todo mundo sabe tirar uma boa foto, mas sabemos que isso não é verdade. Tem alguma curiosidade que você descobriu fazendo o curso que talvez muitas pessoas não soubessem? A história da fotografia é incrível. Eu fico simplesmente encantada na aula; como por exemplo, pela fotografia surgiu o cinema ou até mesmo, nas primeiras fotos de retrato as pessoas tinham que ficar paradas na mesma posição por volta de uns 40 minutos (existiam equipamentos para segurar a pessoa para que ela não se movesse) para conseguir tirar uma fotografia, por isso, que nas primeiras fotografias elas não sorriam.

Dizem que entrar no mercado profissional é complicado, você já está em busca de algum estágio ou um lugar para trabalhar? Sim, com certeza. A graduação de fotografia não exige um estágio, mas é sempre bom procurar um por questão de aprendizado e a possibilidade de ter um emprego fixo futuramente.

O que chama atenção para você em uma fotografia? Você prefere fotografar pessoas ou paisagens? Pessoas. Gosto de lidar com pessoas, e principalmente, ver a expressão delas ao ver o resultado. O melhor é elas não acreditarem que são elas mesmas na foto.

Quais suas ambições no mundo da fotografia? Tem algum sonho que deseja realizar seguindo essa profissão? Eu tenho um desejo de fotografar algum cartaz de filme, se for de herói, melhor ainda! Acho magnífico os cartazes de filme; ele tem uma função importante de querer fazer você assistir o filme e o expectador sempre fica com a imagem na cabeça.

Você pretende seguir carreira na fotografia, ou tem outros planos para fazer na faculdade? Quero seguir carreira, quero trabalhar na fotografia publicitária, moda e cinema.

Que dica você dá as pessoas que pretendem seguir a carreira de fotografo? Faça. Acredite em você; vai ser difícil? Claro, como qualquer outra profissão. Mas, se você fica sorrindo de orelha a orelha ao falar sobre, ou melhor, se te faz FELIZ, faça. É a tua vida, teu sonho. Não trabalhe por dinheiro, trabalhe por felicidade e reconhecimento que aí o dinheiro vem! Pode parecer clichê, mas SIGA SEU CORAÇÃO.

Gostaram das fotos da Thainara?  Confira mais cliques no SiteFlickr, Fan Page e Instagram!

Dicas para Fotografar

Esse é um dos assuntos do qual recebo mais perguntas, então resolvi criar esse post. Na hora de fotografar devemos ter alguns cuidados e claro que tem alguns truques para que as fotos não saiam repetitivas. Sempre me interessei muito por foto, e com a faculdade aprendi muita coisa e com o tempo fui pegando o jeito. Não é difícil, é questão de prática e de gosto.  A iluminação conta bastante, muitas fotos nem precisam de efeito. Então vamos as dicas!

Untitled
 .

1) Saia do comum: Esqueça os lugares mais visitados e cheios de turistas. Explore a região e busque locais menos conhecidos – eles podem ser tão ou mais legais que os outros.

2) Olho no detalhe: Faça fotos de pequenos detalhes e procure ângulos diferentes, inusitados. Por exemplo, ao invés de colocar sua amiga bem no centro da foto, enquadre apenas seu sorriso, seu olhar, suas mãos, seu cabelo, e deixe o fundo desfocado.

3) Flores e insetos: Sempre dão fotos legais. Mas existe um truque: use o modo “macro” da sua câmera, aquele que é representado por uma flor, para conseguir se aproximar sem perder o foco.

:) | Flickr - Photo Sharing!

4) Na praia: Frases, pegadas ou desenhos na areia são maneiras diferentes de passar seu recado de modo original e sempre rendem imagens interessantes.

5) Procure fundos coloridos: Eles chamam mais a atenção. Mas mantenha o resto da imagem simples, para não deixar a foto um verdadeiro “carnaval”.

6) Nada de pose: Quando fotografar suas amigas, crie situações descontraídas, fotos forçadas não ficam bem.

UntitledRy

7) Crie situações divertidas: Faça bolinhas de sabão, fantasie-se, compre um pirulito grande e colorido, bexigas. Invente situações que possam resultar em boas fotos.

Summersometimes you just need to take the first step

8) Desconhecidos na mira: Na hora de fotografar paisagens, espere por um momento especial para deixá-la mais atraente: pode ser um cachorrinho que passe brincando com o dono, duas crianças se divertindo, um casal de mãos dadas.

9) Busque inspiração: Procure no Flickr, no We ♥ It, fotos que você curta. Não tenha medo nem vergonha: tente fazer parecido, buscando elementos que se pareçam com as imagens que gosta.

Staring at the Mirrorhappy | Tumblr

10) Melhor hora: Tente fazer suas fotos à tarde ou de manhã, pois são as horas em que a luz está melhor. (fotografar no sol não é uma boa ideia, tente apenas aproveitar a iluminação, mas não diretamente ele) À noite, para fotografar na balada, por exemplo, procure um local mais iluminado.

11) Cuidado com o brilho da pele oleosa: Passe um pouquinho de pó antes, evite o uso do flash direto. Prefira o modo que mistura a luz ambiente com a do flash se sua câmera tiver corretor de olhos vermelhos, use. Se não, desencane e brinque de diabinha, roupas muito claras ou muito volumosas podem engordar, sorria muito e sempre!

❤️Statigram – Instagram webviewer

12) Enquadramento: Tente fugir da mania de colocar o assunto sempre no meio da foto. Deslocar o objeto principal da imagem pode fazer toda a diferença para deixá-la mais interessante. Divida mentalmente o visor da câmera em três colunas e três linhas, como em um jogo da velha. As intersecções das linhas são os pontos mais interessantes da sua foto. As linhas em si também mostram pontos de destaque, para colocar os olhos de uma pessoa ou o horizonte, por exemplo.

13) Flash desnecessário: Uma das coisas mais complicadas na fotografia é aprender a usar o flash de forma correta. Usar o flash muito em cima pode deixar a foto toda clara, e muito longe, escura. Lembre-se que o flash tem um alcance limitado, de normalmente três a cinco metros, às vezes um pouco mais. Não adianta deixar o flash ligado em uma foto onde o foco é um objeto a 30 metros. Um bom exemplo de mau uso do flash são shows. Em linhas gerais, não é necessário luz extra alguma nesse caso. A luz do palco é mais do que suficiente para sua foto. Usar flash só vai iluminar as cabeças de quem está na sua frente, fazendo sumir o resto.

14) Flash necessário: Um ambiente escuro não é o único lugar onde o flash é um acessório necessário. Em uma foto contra-luz, por exemplo, o flash pode ser usado como preenchimento. Quando você for tirar uma fotografia de alguém com uma fonte de luz ao fundo, como o sol, por exemplo, você pode notar que o sol vai ficar brilhante e somente a silhueta da pessoa vai aparecer. Neste caso o flash irá suprir a falta de luz, deixando ambos visíveis.

 diamonds | via Tumblr

15) Cuidado com o fundo: Tenha muito cuidado ao selecionar o local onde você vai tirar um retrato. A escolha do que aparece ao fundo é tão importante quando o que vem em primeiro plano. Cores vibrantes, linhas e outros objetos podem interferir ou tirar a atenção do foco. Um erro engraçado, porém muito comum, é tirar foto de uma pessoa em frente a uma árvore onde os galhos parecem formar chifres sobre sua cabeça.

Fotos | via Tumblr

16) Retratos: Aproxime-se. Não tenha medo de chegar perto. Se quiser, pode até cortar um pouco da parte de cima da cabeça. A esta distância é possível reparar em detalhes como sardas e cílios.

18) Fotos verticais: Muitos assuntos exigem uma foto vertical. Se o foco tiver mais linhas verticais, como um farol ou uma escada, vire a câmera.

☀️

19) Aproveite a luz: Não há luz mais bonita que a luz natural do sol. Sempre que puder, aproveite-a. Posicione-se de forma a deixar a fonte de luz à suas costas, aproveitando assim a iluminação. É impressionante quanta diferença pode fazer um simples passo para o lado. A luz difusa de um dia nublado é excelente para realçar cores e suavisar contornos, sendo excelente para tirar retrados. É preciso de muito cuidado ao usar o flash. A luz dele, além de forte, tem uma cor diferente a do ambiente. Uma luz dura vai deixar rugas e imperfeições muito mais aparente. Já notou como sempre se fica feio em foto 3×4? Eis a resposta.

Essas dicas não passam de DICAS! Você pode ou não seguir á risca, mas NUNCA abandone seu jeito de ser, ok? Não tente demonstrar algo que você não é, não tente parecer que tem um estilo que não tem! Procure mostrar um pouco de você nas fotos sempre.

#100DiasTekaTecla – Parte 3

Oi pessoal, quem acompanha o blog já leu post sobre o Projeto 100 Happy Days, e hoje vou compartilhar mais fotos com vocês dos meus dias felizes. E pra quem perdeu, é só olhar as primeiras fotos aqui, e a continuação – parte 2 aqui. E eu já cheguei essa semana na metade do projeto, e já posso comemorar que tive 50 dias felizes Vamos as fotos:

8

#Dia37 – Amo esse sorvete, Chambinho me fez feliz ♥
#Dia38 – Sábado de muito amor ao lado de pessoas especiais
#Dia39 – Fini dentadura e ursinho *-*

9

#Dia40 – Vitória do Brasil – 4×1 contra Camarões
#Dia41 – Ouvir Luan Santana me faz feliz
#Dia42 – Assistir o filme O Lado Bom da Vida

CERTO1

#Dia43 – Passar o dia inteiro deitada no sofá
#Dia44 – Comprar passagem pra viajar pra Brasília
#Dia45 – Brasil x Chile – Vitória do Brasil nos pênaltis

CERTO2

#Dia46 – Comprar acessórios e esmalte (mostrei tudo aqui)
#Dia47 – Passear na Avenida Paulista
#Dia48 – Fotografar pro Blog Teka Tecla :B

ultimo

#Dia49 – Fui na exposição Obsessão Infinita
#Dia50 – Comprei a revista Atrevida com o Luan Santana na capa ♥
#Dia51- Dia de jogo do Brasil, fini e bigode grosso hahahaha

Essas são as fotos dos meus dias felizes! E essas últimas semanas foi bem complicado fotografar o que realmente me fazia feliz, porque fiquei doente, e pra mim, ficar deitar o dia inteiro sem sentir dor já era motivo de alegria, mas como mostrar isso pra vocês? hahaha Mas já fiquei bem, e claro que não pode faltar foto de comida, porque doces me fazem muito feliz ♥ #ficadica O importante é não desanimar, e não desistir!  Ainda faltam 49 dias, e tenho certeza que serão de muita alegria pra mim :D #CompartilheAlegria

Champ, o cachorro fotogênico

Eu já vi as fotos desse cachorro lindo em tantos lugares que não tinha jeito, precisava compartilhar com vocês. E tenho certeza que vocês já viram fotos dele em algum lugar! O nome dele é Champ, um golden retriever. 

Sua dona Candice Sedighan é uma fotografa que se dedica a fotografar animais, ela cria cenários e histórias para contar através de suas fotos. Juntos eles mostram ao mundo como cães são alegres e felizes, e podem contagiar a gente com a sua presença. E não é que a dupla nos convenceu? Além de Champ ser muito fofo, ele é fotogênico.

“Eu realmente quero captar a verdadeira essência dos cães, de como eles estão sempre tão felizes”, disse a estudante universitária. “Com o Champ eu consigo isso. Passamos muito tempo juntos, ele está sempre radiante de felicidade e isso pode ser realmente visto através das minhas fotos”. Confira mais fotos aqui.

E vocês também são apaixonadas pelos seus bichinhos de estimação? Tenho uma Shih tzu e ela nunca para quieta pra tirar foto :( #chateada hahaha