Tudo na categoria

Espaço do Leitor

Entrevista com fã que tirou selfie com a Katy Perry

IMG_7274

Katy Perry está divando aqui no Teka Tecla! hahaha Ontem teve post sobre o show da cantora relatado por um fã, que você pode conferir aqui. Hoje, assim como prometido, tem entrevista exclusiva com o Lucas, o menino do vídeo que viralizou na internet. Se você ainda não assistiu, confira a seguir: 

O Lucas Fernandes tem 21 anos, mora em São Paulo, além de cursar a faculdade de Publicidade e Propaganda, também é fotografo. Ele é um KatyKat (fã da Katy) desde 2010 e esse amor começou após o lançamento do single California Gurls. Vamos conhecer mais sobre ele, que já virou um sucesso:

1- Qual a maior loucura que você já fez pela Katy?

Sem dúvida alguma, a minha maior loucura foi ter passado 24 dias na fila do show, pegando sol forte, tomando chuva e passando frio. Saía da faculdade e ia direto pra fila, chegando por volta das 23 horas no estádio, “dormia” (quando o pessoal deixava por conta da conversa alta rs) e acordava às 5 horas da manhã, para ir trabalhar. Contudo, tive a ajuda do pessoal da minha barraca para o revezamento.

2- Você já havia ido em algum show dela?

Já sim! Em 2011, quando ela trouxe para o Brasil sua segunda turnê, The California Dreams Tour, onde passei 3 dias na fila e tive meus primeiros contatos com outros Katycats, fui de Pista Premium e também fiquei na grade.

3- “Quanto tempo você ficou acampado na fila do show?”

Acampei com um grupo total de 37 pessoas, nos quais 21 eram de São Paulo. Juntos ocupamos o quarto lugar na fila e passamos juntos 24 dias, todos ansiosos pelo show.

4- Qual foi sua primeira reação ao ser chamado para subir no palco pela própria Katy?

Gritei, pulei e gritei mais ainda. Foi tudo muito rápido, então quando eu vi já estava subindo as escadas e na minha cabeça só passava uma frase “Aja naturalmente, aja naturalmente”. Mas na prática, eu sei que isso não aconteceu.

ok5- O que você sentiu quando estava no palco?

Quando estava realmente no palco, a ficha caiu e pensei: “Ferrou não sei falar inglês” rsrs Senti muito medo dela me tirar do palco e realmente perder a única chance de tirar uma foto com ela. Eu acho que ela me queria ali no palco sabe, porque eu vou contar um segredo: Na hora do nervosismo, tentei descer do palco duas vezes e nas duas vezes me segurou. UFA!

6- Acerca das piadas por você não entender inglês, como você lidou e ainda lida com isso?

Sinceramente? Se eu te falar que só UMA pessoa teve a coragem de “vir” até a minha rede social e me criticar, você acredita? O resto das pessoas critica sim, porém não tem a coragem de se quer me marcar. Não ligo para as críticas, afinal todas elas servem para o meu crescimento e não nego, graças a elas que venho recebendo propostas incríveis!

7- Qual foi sua reação ao notar que ficou famoso na Internet da noite pro dia?

Bem, não me considero “famoso” sou bem humilde para receber esse título, talvez eu tenha sim ficado mais visto pelas pessoas, mas famoso ainda não. De qualquer modo, eu estou adorando receber o carinho de outros fãs, as pessoas estão comemorando comigo, permitindo que eu divida minha felicidade com eles.
Algumas pessoas aproveitam a situação para desabafar, outras são mais tímidas porém pedem por atenção. E é exatamente isso que tento fazer todos os dias depois do show, faço o possível para dar atenção a todos eles.

IMG_7274
8- O que isso mudou na sua vida?

Mudou tudo! As pessoas me tratam diferente, elas me olham com outros olhos. Sou procurado diariamente por escolas de inglês e isso é incrível!

9- Defina a Katy Perry em uma palavra.

Perfeição

10- Diga algo para aqueles fãs que ainda sonham em conhecer o seu ídolo.

Não deixem de sonhar e acreditar que o seu dia vai chegar! Eu sei como é “sonhar” com algo impossível, mas veja que ironia, o que na minha cabeça era “impossível”, se tornou real. Então me prometa que você vai continuar acreditando! Vai continuar sonhando! Porque quando menos esperar, surpresa! Sua vez chegou.

E o Lucas deixou um recadinho para o pessoal que ele conviveu durante os 24 dias de fila: ”Gostaria de aproveitar o final das perguntas, para mandar um grande beijo para todos da minha barraca e aos fãs que estão sendo extremamente carinhosos ? Muito obrigado!”

 Todas as perguntas foram feitas por Guilherme Cirqueira (@GuiCirqueira) à Lucas Fernandes (@_ferrnandez)

Gostaria de agradecer ao Guilherme que escreveu os dois posts sobre a Katy para o blog, entrevistou o Lucas e trouxe novidades aqui para o Teka Tecla. Obrigada também ao Lucas pela disponibilidade de realizar a entrevista. Sucesso para vocês e obrigada!

Dia da Fotografia com Thainara Parisoto

Para comemorar o dia da fotografia, queria fazer algo diferente para postar… E surgiu a ideia de entrevistar uma fotografa! Alguém que gostasse realmente detirar fotos e decidiu seguir essa carreira como profissão.

A escolhida foi a Thainara Ferreira Sousa Parisoto, conheço ela por ter estudado na mesma escola em que eu estudei. A libriana nasceu dia 20 de outubro de 1993 em Osasco. Seu sonho é ter sucesso em sua carreira, e é viciada em filmes e série. Fiz algumas perguntas e ela me respondeu, espero que vocês gostem da entrevista :)


Uma curiosidade sua: Para mim, fala-se “trabisseiro”, mas escreve travesseiro. HAHAHA! Não, não estou zoando. Meus amigos me zoam com isso até hoje!

Como surgiu a vontade de fazer faculdade de fotografia? Acredite ou não, pela graduação de publicidade. Passei no vestibular para fazer publicidade e propaganda e meu pai me questionou o porquê de eu querer fazer o curso, eu respondi dizendo que na publicidade queria me especializar em fotografia publicitária e ele me perguntou “mas, porque você irá fazer publicidade?” e a partir dessa frase, meu mundo “caiu” e eu mudei tudo. Fiz um curso básico e simplesmente me apaixonei mais por fotografia e aí decidi seguir meu sonho de fazer faculdade de fotografia.

Você já fez algum curso para aprimorar as técnicas? Sim, eu fiz um curso básico de formação em fotografia pelo SENAC.

O que você gosta de fazer nos seus tempos livres, além de fotografar? Sou uma cinéfila assumida, viveria no cinema se pudesse.

O que a fotografia significa para você? Amor. Memória. Felicidade. Pra mim, não é só uma foto que eu tirei e achei bonitinha, fotografia é marcar a pessoa de alguma forma.

O que te inspira ao fazer uma foto? Tudo depende do que eu estou fotografando. Se for uma paisagem, gosto de mostrar aquilo que ninguém vê; ou que vê, mas não admira; exemplo do céu com a suas mudanças de cores que ninguém admira! E, se for pessoas, gosto de mostrar a essência dela.

Muitas pessoas acham que fotografar é fácil e que todo mundo sabe tirar uma boa foto, mas sabemos que isso não é verdade. Tem alguma curiosidade que você descobriu fazendo o curso que talvez muitas pessoas não soubessem? A história da fotografia é incrível. Eu fico simplesmente encantada na aula; como por exemplo, pela fotografia surgiu o cinema ou até mesmo, nas primeiras fotos de retrato as pessoas tinham que ficar paradas na mesma posição por volta de uns 40 minutos (existiam equipamentos para segurar a pessoa para que ela não se movesse) para conseguir tirar uma fotografia, por isso, que nas primeiras fotografias elas não sorriam.

Dizem que entrar no mercado profissional é complicado, você já está em busca de algum estágio ou um lugar para trabalhar? Sim, com certeza. A graduação de fotografia não exige um estágio, mas é sempre bom procurar um por questão de aprendizado e a possibilidade de ter um emprego fixo futuramente.

O que chama atenção para você em uma fotografia? Você prefere fotografar pessoas ou paisagens? Pessoas. Gosto de lidar com pessoas, e principalmente, ver a expressão delas ao ver o resultado. O melhor é elas não acreditarem que são elas mesmas na foto.

Quais suas ambições no mundo da fotografia? Tem algum sonho que deseja realizar seguindo essa profissão? Eu tenho um desejo de fotografar algum cartaz de filme, se for de herói, melhor ainda! Acho magnífico os cartazes de filme; ele tem uma função importante de querer fazer você assistir o filme e o expectador sempre fica com a imagem na cabeça.

Você pretende seguir carreira na fotografia, ou tem outros planos para fazer na faculdade? Quero seguir carreira, quero trabalhar na fotografia publicitária, moda e cinema.

Que dica você dá as pessoas que pretendem seguir a carreira de fotografo? Faça. Acredite em você; vai ser difícil? Claro, como qualquer outra profissão. Mas, se você fica sorrindo de orelha a orelha ao falar sobre, ou melhor, se te faz FELIZ, faça. É a tua vida, teu sonho. Não trabalhe por dinheiro, trabalhe por felicidade e reconhecimento que aí o dinheiro vem! Pode parecer clichê, mas SIGA SEU CORAÇÃO.

Gostaram das fotos da Thainara?  Confira mais cliques no SiteFlickr, Fan Page e Instagram!

Dia dos Namorados – #parte1

O amor está no ar! E por conta da abertura da Copa do Mundo aqui no Brasil no dia 12 de junho, a Brahma criou o #Movimento11  (mais informações no link). E vocês, são a favor de mudar a data do dia dos namorados ou não?!

O importante é que as pessoas que namoram aproveitam todos os dias como se fosse o Dia dos Namorados, e a data é mais uma jogada de marketing para incentivar cada vez mais a venda e o consumo.

Enfim, eu fui em busca de histórias fofinhas e inusitadas de amor com os leitores do blog e agora vocês podem conferir aqui e se encantar, assim como eu:

Namoro

Mariana Gabriele, 19 anos e Luiz Felipe Idade, 21 anos. Estão juntos 1 ano e 9 meses.

”Olha, minha história com o Luiz é um tanto quanto engraçada. Pois uma amiga comentou comigo sobre ele, e comentou com ele sobre mim. Um belo dia eu comecei a segui-lo no twitter e uns 3 dias depois ele me adicionou no facebook. Viramos hiper amigos e depois de dois meses nos encontramos, ficamos e começamos a namorar hahahaha E estamos juntos até hoje!”

Namoro

Giovanna e Vinícius, eles têm 18 anos. Estão juntos 1 ano e 1 mês.

”Nos conhecemos no colégio 6 anos atrás quando caímos na mesma sala. Começamos a ser amigos e acabamos nos tornando melhores amigos, nas férias de Julho ele que ainda não tinha beijado ninguém pediu pra ficar comigo pelo msn e eu aceitei… Depois disso foi cada um vivendo suas histórinhas de amor, até que no terceiro ano do colégio descobrimos a nossa paixão e começamos a namorar!”

Namoro

Amanda Araújo e Lucas Fuzikawa, eles têm 18 anos. Estão juntos 1 ano e 1 mês.

 ”Nos conhecemos na Igreja, estávamos participando de um encontro de adolescentes e ai coincidiu de almoçarmos lado a lado. E daí em diante tudo desenrolou.”

Namoro

Thalita Martins, 17 anos e Daniel Fernando, 16 anos. Estão juntos 2 anos.

”Foi um pouco engraçado o modo como nos nos conhecemos. Ele era novo no colégio e quase ninguém tinha falado com ele até então. Quando eu cheguei, havia na sala de aula apenas um lugar, na frente dele, e então foi lá que eu sentei. Estávamos na aula de matemática e eu o chamei para fazer dupla comigo no trabalho, papo vai, papo vem e nós começamos a nos falar muito, e foi aí que num dia de simulado no colégio foi nosso primeiro beijo, e assimcomeçamos a namorar e estamos juntos até hoje.”

Namoro

Camila Sena, 20 anos e Filipe Boldrim 18 anos, eles estão a 2 anos.

”Estudávamos na mesma escola. E, assumo: eu não o suportava!!! Ele era muito “mala sem alça” e chato (juro!). E eu, namorava outra pessoa. Até que, através do Twitter (naquela época em que as pessoas nos seguiam e avisavam, sabe? “Tô te seguindo”) nós tivemos o nosso primeiro contato, que, no caso, ele me “seguiu”. Acabei descobrindo que ele era legal (hahaha). Trocamos nossos MSNs e, pimba… Não nos largamos mais. Desde aquele dia, nós passamos a conversar com muita freqüência e aquele papo de “mala sem alça” e chato transformou-se numa amizade linda… Sim! Amizade! Ele se tornou o meu melhor amigo e vive-versa. Dividíamos todos os nossos segredos, saíamos juntos… Ele até me ajudava em relação ao meu namoro (que chegou ao fim um pouco depois) e eu, à ele, em seus rolos infinitos. Coisa doida, né? Éramos parceiros de verdade! Até que a vida assoprou bem forte por aqui, trocando as coisas de lugar. Terminei meu namoro. Logo, (por ironia do destino, ou sei lá o que) ele também não foi feliz no amor. Ok. Tudo errado… Ou não. Marcamos de ir ao cinema pra nos distraímos. Pra falar a verdade, eu não queria ir… Estava mega cansada depois de trabalhar o dia inteiro e não estava no pique. Pois é… Mas… Fui, né? Pelo meu melhor amigo, eu fui. O que eu não sabia, é que naquele dia, as coisas mudariam pra nós… Parece meio clichê, mas, naquela sala de cinema, rolou nosso primeiro beijo. Não sei explicar se foi por conta da carência, ou, se rolou porque tinha que rolar mesmo… Mas foi bom! Eu me senti segura. Tão bem… Ele foi lindo. E desde então, todas as idas ao cinema e a qualquer lugar, nunca mais foram as mesmas… Aos poucos, nós nos apaixonamos um pelo outro e, logo após a nossa viagem de formatura do colégio, fui pedida em namoro com direito a aliança em mãos, e tudo. E aqui estamos… Felizes!!! Parece que encontrei quem me faltava. Se tivéssemos combinado, não teria dado tão certo! Ainda somos os melhores amigos do mundo, só que, agora, com um toque especial! Hoje, canto pra ele aquela música do Jazon Mraz com a Colbie Caillat, que diz “… Lucky, i’m in love with my best friend (…)” pois, é isso… “Sorte a minha estar apaixonada pelo meu melhor amigo…”. Espero que tenham gostado e fiquem de olho, pois o amor pode estar bem ao ladinho de vocês! Beijinhos”

Continuação de casais contando sua história de namoro no próximo post :)

Dia dos Namorados – #parte2

Continuando as histórias de namoro dos leitores do blog  (…)

Namoro

 Gabriela Garcia, 16 anos, Felipe Meneses, 21 anos. Estão juntos 1 ano e 9 meses.

”Conheci o Felipe na minha festa de 15 anos, através de um amigo (Lucas), ele foi para minha casa com mais 3 amigos, entre eles o Felipe. Na primeira impressão nós não nos damos muito bem, não conversamos e muito menos nos olhamos, simplesmente oi e tchau. No dia seguinte era Dia dos Pais, e recebi a solicitação de amizade do Felipe no facebook, achei estranho porque até então eu não tinha ido com a cara dele e ele muito menos com a minha. Curiosa como sempre puxei uma conversa com ele, e a partir dai as conversas foram se prolongando e o sentimento crescendo, até que no dia 25/09/2012 veio o pedido de namoro, e até hoje ele vem mostrando que é o que sempre desejei em um homem.”

Namoro

Jenifer Oliveira, 24 anos e Allan Coser, 19 anos. Estão juntos 1 ano e 5 meses.

 ”Nós nos conhecemos em um barzinho em SP. Uma noite nada romântica… naquela noite eu estava na pista para negócio. Quando eu o vi eu pensei… ”hum gatinho, vou investir, rs” E comecei a dar mole para ele, e ele nada fazia, achei até que ele era gay. Depois de algumas horas e algumas tequilas, eu disse a um amigo incomum: “esse seu amigo é mole! Não quer ficar comigo!” Esse nosso amigo em comum, disse ao Allan que eu disse que ele era gay. E eu desmenti of course! Eu disse ao Allan, ”você é mole e não quer me pegar”. O Allan respondeu ‘mas você tem namorado’, e eu, com a cara de interrogação, mas eu não tenho namorado! e assim foi o primeiro beijo de muitos. JAMAISSSSS imaginei namorar alguém mais novo que eu, ou alguém que havia conhecido na balada. Após muitas mensagens trocadas, ele me pediu em namoro e desde então me faz muito feliz.”

namoro

Giuliana Menezes, 19 anos e Lucas Alessi, 18 anos.  Estão juntos 2 anos e 10 meses.

”Nos conhecemos no churrasco da minha amiga. Foi engraçado porque nem eu, e nem ele íamos e de ultima hora a gente foi e acabamos nos conhecendo.”

Namoro

Isabela Pio, 18 anos e Bruno Marques, 17 anos. Estão juntos 1 ano e 8 meses.

”Estudamos na mesma escola desde o 1º ano do ensino médio, mas nos conhecemos só no 2º ano (2012) quando caímos na mesma sala. Logo no começo ele veio pro meu grupinho e fizemos trabalhos juntos, viramos amigos, mas não tão próximos. Sempre admirei ele como pessoa, mesmo não sendo tão amiga, ele sempre foi uma pessoa que queria todas as pessoas ao redor sorrindo, era como se fosse a missão de vida dele. No final de junho aconteceu uma coisa muito triste e ele veio falar comigo, foi um amorzinho e começamos conversar um pouco mais. E aí um pouco mais pra frente, novamente eu estava me sentindo muito triste e ele me deixou melhor, me abraçou, quase me fez chorar e disse “eu não me importo se você chorar, só me importo se vou conseguir enxugar suas lágrimas”. A partir daí começou todo o romance… Começamos nos aproximar mais e o que era apenas amizade virou um grande amor, e o mais incrível é que os sentimentos sempre foram recíprocos, nós nos apaixonamos, ficamos no dia 5 de outubro de 2012 e no dia 12 ele me pediu em namoro e depois disso não tive mais esses momentos tristes na vida, e estamos aí, com certeza por muito tempo ainda! *-*”

Namorado

Carol Freitas e Pablo Lima, eles têm 16 anos. Estão juntos 2 anos e 2 meses.

”Eu e o Pablo nos conhecemos no meio da dança, ele sempre me assistia dançar e sempre falava de mim, mas nunca nos falamos muito. Até ele começar a dançar com os homens da academia. Eu sempre considerei ele como um amigo, fofo, quase irmão, e pelo que ele diz que sempre gostou de mim. Mas eu gostava de outra pessoa, e sempre enrolei ele. Até um dia que finalmente a gente começou a gostar ainda mais um do outro, e hoje estamos juntos por alguns anos.”

Eu queria agradecer todos os casais que aceitaram participar do post e compartilharam com os leitores sua história de amor! Desejo à vocês um FELIZ DIA DOS NAMORADOS, e que vocês sejam muito feliz *-*