Dica de filme: The Fundamentals of Caring

Obrigado, Netflix.
No dia 24 de junho, a nossa querida, amada e maravilhosa Netflix lançou o filme “The Fundamentals of Caring” em seu acervo. O filme conta a história de Ben, um escritor que ficou desanimado com a vida após uma tragédia familiar. E Trevor, um jovem que se tornou cadeirante em decorrência de ter distrofia muscular. Sem ter uma vida social ativa e nenhum amigo, Trevor dribla o tédio vendo TV e se utilizando de um humor, digamos… peculiar. As histórias deles se cruzam quando Ben termina seu curso de cuidador e é contratado pela mãe de Trevor para auxiliar o garoto nas atividades diárias.
 .
filmenetflix
O desenrolar da história é um tanto quanto clichê, alguns personagens são bem comuns, mas o que chamou minha atenção foi o modo com que os roteiristas e Craig Roberts (ator que faz o papel de Trevor), abordaram o deficiente e todos que estão à sua volta. Trevor não é o exemplo da sala de aula, não é o cara que superou tudo, chegou ao topo e é referência mundial, ou um coitadinho depressivo que quer se matar. Muito pelo contrário, Trevor é só Trevor. Um menino comum, uma pessoa normal, N-O-R-M-A-L. Com desejos comuns para a idade dele (como viajar, namorar, se aventurar), com opiniões sobre todos os assuntos, medos, receios, expectativas, objetivos, e o mais importante: NÃO ESTÁ ACIMA DO BEM, NÃO É UM SANTO INTOCÁVEL OU VIDRO QUE PODE SER QUEBRADO A QUALQUER MOMENTO.  As experiências de vida é que vão formando seu caráter e sua personalidade, e durante o filme, ao conhecer novas pessoas, viver novas experiências e fazer novas amizades, isso vai mudando, como acontece com qualquer pessoa.
 The-Fundamentals-Of-Caring
filmenetlflix
Até 5 anos atrás, antes de conhecer uma amiga muito louca e uma nova filosofia de vida, eu me sentia muito inseguro para viver as coisas que a vida oferecia. Muito por viver 15 anos só na mesma rotina (escola, casa e médicos), convivendo com as mesmas (poucas) pessoas, por sempre ser usado como exemplo na sala de aula, por não fazer mais que minha obrigação, o que me deixou muito feliz obviamente, mas causava um certo distanciamento da galera, por ser visto pela maioria das pessoas, até pela família, como um SER ACIMA DO BEM, UM SANTO INTOCÁVEL E UM VIDRO QUE PODE SER QUEBRADO A QUALQUER MOMENTO. E tudo isso por esses conceitos que assombram as pessoas que nascem ou adquirem alguma deficiência e respectivamente suas famílias, que muitas vezes acabam “prendendo” e atrapalhando seu desenvolvimento.
 .
“The fundamentals of caring” serve para ajudar a mudar esses conceitos e mostrar para o mundo que pessoas (d)Eficientes são pessoas normais que só precisam de algumas adaptações e o auxílio de algumas pessoas para trilhar o seu caminho nessa vida. E é justamente por isso que o considero o melhor filme do ano, MUITO OBRIGADO Rob Burnett por escrever e dirigir o filme, e Netflix por produzir e distribuir essa obra de arte ao mundo.
 
Hugo José Nery Oliveira

Pode ser que você também goste:

35 Comentários

  • Reply liz 23 de julho de 2016 at 15:38

    Muito boa a análisa que o Hugo fez, sério. Me deu mais vontade ainda de ver! <3

    • Reply Hugo Nery 25 de julho de 2016 at 19:35

      Que otimo que você gostou, fico feliz :)

  • Reply Luciana de Andrade 23 de julho de 2016 at 16:10

    Netflix é tudo! O que seria de nós? rsrs Eu como já acho avida meio clichê não me importaria muito com essa questão, pelo que contou do filme eu assistiria. Uma boa pedida para sessão netflix aqui em casa hein. Preparar a pipoca e vamos de filme.rsrs Gostei muito da forma em que o Hugo analisou o filme.
    http://www.pilateandosonhos.com

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 13:36

      Sem Netflix….não gosto nem de pensar!!! Muito obrigado pelo elogios e bom filme.

  • Reply Sofia Degan 23 de julho de 2016 at 16:55

    Tem na Netflix então já está na minha lista!!
    Adorei ver Selena atuando novamente e principalmente em um filme que parece ser lindo…
    Adorei! <3

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 13:37

      Obrigado!! Selena está maravilhosa neste filme!!

  • Reply Mariana Oliveira 23 de julho de 2016 at 20:18

    A netflix vai dominar o mundo daqui a pouco. Haha. Não tinha visto esse filme ainda, achei muito legal a simples ideia de fazer um personagem NORMAL. Parece bem bacana, valeu a dica ♥

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 13:39

      É MARAVILHOSOOOO, ASSISTA!! hahahaha

  • Reply alana 23 de julho de 2016 at 21:25

    Confesso que não gosto muito da selena atuando, mas o personagem “normal” me chama atenção, boa dica de filme :)

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 13:41

      Selena me surpreendeu, acho que o elenco e a história ajudou muito também a ótima atuação dela, bom filme :)

  • Reply Luana Souza 23 de julho de 2016 at 21:45

    Eu via esse filme no Netflix, mas não me animava para assistir… Até agora <3 adorei a sua resenha! Ficou tão completa e inspiradora.

    Gosto muito de ver filmes com essa temática, onde tem personagens deficientes e que trazem lições no final :)

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 14:02

      Obrigado!! Tem filmes mtos bons com essa temática, segue o blog que terá mais dicas ;)

  • Reply Amanda França 24 de julho de 2016 at 00:08

    A Netflix está arrasando com esses lançamentos, tanto de filmes como de seriados. O filme parece muito bom e o jeito que foi contada a resenha, ficou excelente.

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 14:03

      Está mesmo. Mto obrigado!!

  • Reply Herick Cruz 24 de julho de 2016 at 01:14

    TODOS (TO-DO-S) OS MEUS AMIGOS ME FALARAM DESSE FILME! Estou morrendo para assistir logo e vi que tem na Netflix <3 Não sou muito fã da Selena (Squad Taylor nojo) mas gosto das atuações dela! Adorei mais essa indicação!
    Abraços! :D

    http://www.somenteonecessario.com

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 14:04

      ASSISTA, É MARAVILHOSOOO !! HAHAHA

  • Reply Pollyanna Donato 24 de julho de 2016 at 13:19

    Amei a análise do Hugo. Tenho um irmão que ficou deficiente, mas queria muito ter Netflix p ele asssistir esse filme. Pena q o filme não é liberado.
    Beijos!

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 14:05

      Obrigado!! Pede a senha pra um amigo que tenha Netflix ;)

  • Reply Erika 24 de julho de 2016 at 15:23

    Oie, tudo bem? Ontem ainda estava assistindo séries no Netflix e vi a indicação desse filme. Assisti o trailer e achei muito amorzinho. Amo a Selena Gomez e fiquei muito curiosa para ver a atuação dela nesse filme. Ótima indicação! Beijos, Érika *o*

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 14:06

      Tudo ótimo e vc? Adianto que Selena está maravilhosa e o filme tbm, hahaha, bjooos!!

  • Reply Mari 24 de julho de 2016 at 16:59

    Amo a Netflix e esse filme está na minha lista de filmes que quero assistir logo.
    Beijos
    Mari
    http://www.pequenosretalhos.com

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 14:06

      ASSISTAAAA!! hahaha, bjoos

  • Reply Juliana Santos 24 de julho de 2016 at 21:00

    Já está na minha listinha de filmes na netflix, amo assistir filmes e principalmente séries. Me divirto mais ainda escrevendo e falando um pouco sobre elas, amei a resenha, fiquei bastante curiosa, ainda mais por ter a Selena Gomez no elenco, é isso mesmo Brasil?

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 14:07

      É ISSO MESMO BRASIL, Selena tá lá e maravilhosamente!!! Mto obrigado !!

  • Reply Izabella 24 de julho de 2016 at 23:53

    Oi Hugo, eu comecei a assistir com meu namorado, mas paramos pois decidimos continuar uma série, aproveitei e adicionei na minha lista pois o filme além de divertido parece maravilhoso no sentido reflexivo. Eu também li críticas elogiando a atuação da Selena Gomez e fiquei bem curiosa.

    Beijinhos!

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 14:08

      Chama ele de novo então, hahahah, bom filme pra vcs, bjoos!!

  • Reply Maria Cecilia 25 de julho de 2016 at 09:35

    Assisti e recomendo ! Adorei a forma que o Hugo escreveu sobre a resenha. Parabéns!

    • Reply Hugo Nery 27 de julho de 2016 at 14:08

      Obrigado!! Bjoos!

  • Reply Ana Laura 29 de julho de 2016 at 11:33

    Nossa eu vi o comercial desse filme e me apaixonei ! <3333 não vejo a hora de assistir

    http://www.sindromedoluxo.com.br

    • Reply Hugo Nery 10 de agosto de 2016 at 15:03

      Sei como é, te entendo!! hahahaha

  • Reply Ana Carolina 3 de agosto de 2016 at 20:21

    Adorei a sua resenha. Não conhecia esse filme, mas já vou procurar por ele no netflix

    • Reply Hugo Nery 10 de agosto de 2016 at 15:03

      Obrigado!! Espero que tenha gostado ;)

  • Reply Eduarda Rozemberg 8 de agosto de 2016 at 01:38

    Hey!
    Eu achei esse filme sensacional. Assisti ele recentemente e no final eu me senti aquecida, principalmente porque a história nos traz tantas lições de vida tão bonitas que eu não soube nem descrever como me senti. Eu reassistiria várias vezes e indico o filme pra todo mundo.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

  • Reply Hugo Nery 10 de agosto de 2016 at 15:04

    Outro abraço!! È tão maravilhoso esse filme né?! Não me canso de repetir isso!!

  • Reply Nana Araujo 26 de agosto de 2016 at 15:46

    Achei a dica ótima, quero muito assistir, vou colocar na minha lista. Gosto de filmes que saem da padrão e esse parece sair. Gosto muito do ator adulto, não sei o nome dele =/
    beijos e até a próxima

  • Deixe o seu comentário