Poema: O equilibrista da vida

equilibrista

No circo da vida eu sou um equilibrista
Tentando não cair em armadilhas
Amorosas, profissionais, sociais
Deixando ser guiado por aquela Voz

Não é fácil se equilibrar
Quando quase todo o mundo está a te julgar
Te empurrando como um vento
Alimentando seus receios e medos

equilibrista

Animais Racionais
Se comportam como radicais
Julgando, apedrejando
Fazendo com que o amor de muitos
Acabe se esfriando

E eu vou me equilibrando
Entre os loucos e os insanos
Nos braços de quem eu tanto amo.

Hugo Nery

Pode ser que você também goste:

46 Comentários

  • Reply LETICIA SEKI 4 de novembro de 2016 at 14:24

    Amei Hugo! Essa também sou eu na vida, principalmente a parte de ser julgada. É tão ruim quando nos julgam gratuitamente sem ao menos saber o quanto lutamos dia após dia né?
    Bjj
    Lets
    http://www.leticiaseki.com

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:38

      Obrigado!! É horrível né, mas temos que focar nas pessoas que nos amam!! Bjoos

  • Reply Michele Raggio 4 de novembro de 2016 at 14:31

    Hugo, que poema lindo! Parabéns. Aprendi que equilíbrio na vida é tudo! Devemos ser verdadeiros equilibristas em nossas vidas, sempre buscando mais amor e felicidade diária. Mais uma vez parabéns pelo seu poema!

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:38

      Muitoo Obrigado !!! bjooss

  • Reply alana zoz 4 de novembro de 2016 at 14:31

    Adorei o poema, ele é bem realista. Mas mesmo sendo jugada, não deixo de fazer nada, pois sou teimosa e gosto de dar trabalho mesmo! HAHAHA Adorei ver sua colaboração aqui na Teka. Beijão ;*

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:40

      SE NÃO FOR PRA CAUSAR NEM SAI DE CASA!! ahahahaha, sempre estou por aqui, bjooo!!

  • Reply Tarsila Martins 4 de novembro de 2016 at 14:40

    Hugo! Teu poema simplesmente descreveu o que eu tô passando agora, tentando me equilibrar nessa vida, onde a sociedade e as cobranças me empurram, tentando fazer com que eu me desequilibre. Mas a nossa busca constante por felicidade e amor nos trás equilíbrio <3
    Parabéns pelo lindo poema!

    Beijos!
    https://jesuistata.wordpress.com/

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:40

      Falou tudo!! Vai dar tudo certo moça, Deus te abençoe!! Bjooo

  • Reply Débora Alvim 4 de novembro de 2016 at 14:40

    Adorei o poema! E tenho certeza que ele descreve muita gente, e inclusive eu… Mesmo que os outros me julguem, eu continuo em frente, sem dar importância… até por que, não podemos parar por causa dos outros :)

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:41

      Não podemos parar mesmo!!! Bjoos e obrigado!

  • Reply Paola Ramos 4 de novembro de 2016 at 14:47

    Que poema mais lindinho, amei! E ele é muito real! A cada julgamento a gente vai aprendendo a equilibrar-se e segui em frente , sem ligar tanto pra tudo o que a sociedade impõe, e buscando focar nas coisas boas <3

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:41

      Foca no que realmente importa, isso ai!! Bjoos

  • Reply Day Castro 4 de novembro de 2016 at 15:12

    Acho uma graça poemas, adorei a criatividade e me identifiquei bastante Hugo!

    Achei lindo seu blog Teka, e muito criativo o nome dele, suas fotos tbm são lindas… UM beijos

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:42

      Que amor vc!! Muito obrigado!! bjoss

  • Reply Dandara 4 de novembro de 2016 at 15:21

    Nossa que legal. muito real o poema e muito lindo, sempre gostei de criar poemas quando era mais nova, mas com o tempo acabei deixando de lado, acho lindo quem tem esse dom ! Parabéns pela realidade.

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:43

      Deixa de lado não, faz e me mostra!! beijooo, obrigado!

  • Reply Poliane Brandão 4 de novembro de 2016 at 15:45

    ual que lindo e criativo ,vale a pena lembrar quena vida somos todos equilibristas enfrentando e vencendo novos desafios todos os dias,retrata literalmente a nossa realidade diária,parabéns por esse sentimento tão lindo

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:44

      Obrigado!!! bjosss

  • Reply Adriane Melo 4 de novembro de 2016 at 15:45

    Que poema mais lindo! Parabéns Hugo, você escreve muito bem. Super me identifiquei com a parte em que diz estar tentando não cair nas armadilhas da vida, também estou na mesma situação. Bjs!

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:45

      Sempre tem né?! Mas temos que ter foco e fé que tudo dar certo!!

  • Reply Bruna Curi 4 de novembro de 2016 at 16:38

    Oi, tudo bem com você?
    Que poema lindo, você escreve muito bem! Meus parabéns, sério.
    Bjs e sucesso com o blog!
    https://escritorawhovian.blogspot.com.br/

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:45

      Tudo ótimo e vc Bru? Awnntt, muito obrigado!! Sucesso com seu blog tbm, vou dar uma olhadinha!!

  • Reply Mariana Faian 4 de novembro de 2016 at 17:25

    Que poema maravilhoso! A vida é um espetáculo de circo onde dia e noite nós precisamos nos por em equilíbrio dentre as cordas. Com alguma sorte, os ventos que nos empurram, um vai nos estabilizar. Lindo texto

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:46

      “A vida é um espetáculo de circo onde dia e noite nós precisamos nos por em equilíbrio dentre as cordas.” ADOREI!!! Obrigado, bjooss

  • Reply Amanda Querobino 4 de novembro de 2016 at 17:41

    Ola!
    Que lindo poema! Gostei muito dessa parte
    “Animais Racionais
    Se comportam como radicais
    Julgando, apedrejando”

    Me lembra o discurso de ódio de muitas pessoas que encontramos hoje em dia na internet, com os mais diversos tipo de intolerancia!
    Mas gostei muito do final também onde se retorna a falar da importância do equilibrio na nossa vida!
    Adoro poesia pois ela tem essa capacidade de que cada um interpreta de acordo com suas vivencias!

    Adorei,parabéns pelo post!!
    Bjs

    Mandy
    http://www.amandaquerobino.com.br/

    <3

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:47

      Mandy mto obrigado!!! Bjooss

  • Reply Ana Catarina Martins 4 de novembro de 2016 at 22:17

    Que poema lindo!!! Muito sucesso pra você! Que nunca te falte a inspiração e a alegria! <3

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:47

      Valeuu Cat!! bjooss

  • Reply Isa 5 de novembro de 2016 at 15:51

    Que poema lindo! Parabéns, continue sempre escrevendo.

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:48

      Vou sim, sempre aqui!! bjooss

  • Reply Caroline Leal 7 de novembro de 2016 at 14:31

    Nem preciso dizer que super amei, né? Poema lindo, em cada canto um encanto! Parabéns, de coração!
    Vou continuar acompanhando pra saber mais!

    Beijos,
    Caroline Leal
    http://www.mostreaomundo.com.br

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:48

      Vou cobrar em, qro só ver seus comentários aqui…hahahaha. Muitoooo obrigado Ca! Bjooss

  • Reply Anne Wiziack 7 de novembro de 2016 at 16:03

    Que lindo poema! já tinha lido uma vez, é ótimo e sempre atual, pois é muito difícil enfrentar os obstáculos da vida, por mais que a sociedade esteja mudando em certos aspectos, ainda temos que nos equilibrar em muitas situações.
    Adorei o post!

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:49

      Obrigadooo, bjoss!

  • Reply Joice Nascimento 7 de novembro de 2016 at 16:41

    Oii, tudo bem? Ah que lindo seu poema. É um assunto tão cotidiano ne? Acho que todos nós passamos por situações onde precisamos ter um equilibrio surreal. Adorei o texto do Hugo. Parabéns!

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:49

      Tudo ótimo e vc? muitooo obrigado, bjos

  • Reply Paula Marcondes 9 de novembro de 2016 at 11:54

    ”Vou me equilibrando entre loucos e insanos”. Ahhh que poema bonito. Mal tenho palavras pra expressar o quanto eu gostei. Até porque a vida é isso, uma eterna luta para se manter em pé. Uma batalha na corda bamba, entre o bem e o mal, entre a luz e a escuridão..enfim, entre dois cursos.

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:50

      AWWNNTT, muito bom ouvir essas palavras, me faz ter inspiração pra escrever mais e mais!! Obrigado de coração, bjooss!!

  • Reply Lydianne 10 de novembro de 2016 at 13:19

    Que Poema mais lindo Hugo, tuas palavras são tão sensíveis, nos faz querer viajar e fazer parte da história. Vivemos isso na vida diária né? Constantes equilíbrios, constantes quedas, precisamos nos reerguer e continuar mais uma vez nos equilibrando por essa corda bamba que é a vida!
    Parabéns pela escritas, é fascinante.

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:51

      Muito, muito obrigado mesmo!! De coração!! Bjoos!

  • Reply Isabela Brandão 10 de novembro de 2016 at 13:29

    Lindo poema. Eu estou tentando me equilibrar, tá difícil. Mas a vida é isso, temos que nos equilibrar mesmo. Parabéns. Bjs

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:53

      Isa vai ficar tudo bem!! Deus te abençoe moça!! bjooss

  • Reply Emanuelly Amorim Suhett 10 de novembro de 2016 at 14:49

    Que poema maravilhoso! Nós vivemos na corda bamba, de um lado a razão de outro o coração, as vezes fica muito difícil manter o equilíbrio quando ambos os lados “tremem” demais a corda rs. Adorei o poema, muito bom!!! Um beijo.

    • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:54

      Outro Beijo!! Muito obrigado!!!

  • Reply Larissa Marques 10 de novembro de 2016 at 15:24

    Lindo poema! Me identifiquei bastante com ele! “Animais Racionais, Se comportam como radicais, Julgando, apedrejando, Fazendo com que o amor de muitos, Acabe se esfriando ” Pura realidade do nosso mundão! Adorei sua criatividade neste poema, sério ! Beijos :)

  • Reply Hugo Nery 10 de novembro de 2016 at 18:55

    Vlw lari!! Mto obrigado de coração!! Bjooss

  • Deixe o seu comentário