Encontrado na tag

dinheiro

Teka em Nova York – 12 dicas de viagem!

New York 2019 
Photo: Vanessa Carvalho                                  
Instagram: @photovanessacarvalho       
(photovanessacarvalho@gmail.com )
www.vanessacarvalho.com.br

Está planejando ir para Nova York e procurando algumas dicas? Após vivenciar vinte dias nessa cidade mágica e ao mesmo tempo louca, decidi compartilhar com vocês algumas experiências que eu tive, a fim de contribuir de alguma forma com os novos turistas hahaha

A verdade é que andei muitos dias “perdida pela cidade”, mas era uma situação que mesmo me sentindo aleatória nas ruas, eu achava tudo incrível, lindo e maravilhoso e não estava preocupada com a situação hahaha Vamos as dicas:

1- ESTUDE O MAPA
Antes de decidir realmente viajar para Nova York, eu não fazia ideia sobre todos os pontos turísticos da cidade, como era a organização das ruas/quadras, como andar de transporte público de um lado para o outro. Então, a minha primeira dica é: anote tudo o que você quer fazer, abra o Google Maps e olhe o que é perto do que, para planejar o seu dia sem perder tempo andando ‘atoa’. Todas as ruas são bonitas e você vai se encantar, então não precisa entrar em pânico se você ‘se perder’ por aí também…

whatsapp-image-2019-12-10-at-14-12-51

2- FAÇA UM CRONOGRAMA
Seja no bloco de notas do celular, numa planilha ou até mesmo num papel, escreva o que você pretende conhecer cada dia, assim não perde tempo decidindo tudo na hora e consegue aproveitar mais cada local. Você não precisa definir um horário exato para cada atração, mas é bom se programar para que tudo saia conforme o planejado. E está tudo bem se algo sair do controle, encare a situação com leveza e aproveite a sua viagem sem pirar!

3- PONTOS TURÍSTICOS
Decida quais pontos turísticos você quer conhecer, procure mais informações sobre o valor e horário de funcionamento. Dependendo do dia da semana e da hora, você pode entrar nos muses de graça, consulte a programação no site antes de visitá-lo e economize.
Em Nova York, existem várias empresas que fazem passeios turísticos, e ás vezes compensa mais você comprar as atrações que você quer conhecer através de pacotes. Comprei cinco atrações no Sightseeing Pass, que além de ter muitas informações no site, você pode baixar o aplicativo e seu ingresso fica no celular. No site, você fazer uma simulação escolhendo os lugares que deseja visitar e decide se vale a pena o investimento no seu caso.

teka-nova-york-dicas

4 – TAXA DE RESORT
Pesquise bastante sobre os hóteis em Nova York, pois os valores mudam dependendo da data/localização/diárias, etc. Além disso, o que poucas lugares te informam antes é sobre a taxa de resort obrigatória, que deve ser paga no check out e varia de $3 a $40 dólares por diária, dependendo do hotel. Acesse o site do hotel antes, para não ter nenhuma surpresa desagradável durante a viagem.

5- MALAS
Se você está indo viajar já pensando em fazer compras, leve o mínimo de bagagem possível. Todas as lojas têm promoções o tempo todo, e você vai passar vontade! hahaha Lembre-se de verificar quantas malas você tem direito no voo, geralmente são duas bagagens de 23kg = 50 libras no peso americano. Uma dica é comprar sacos a vácuo para colocar suas roupas na volta, assim economiza espaço, principalmente se a sua viagem for no outono/inverno e você tenha muitos casacos pesados.

teka-nova-york-dicas

6- COMPRAS E TAXAS
Em Nova York, é cobrado 8,875% de imposto em cima de cada compra realizada, então lembre-se que ao pegar um produto e colocar no seu carrinho, não é somente o valor que você viu na prateleira. Existem alguns itens que não pagam taxas (mas confesso que não consegui notar essa diferença durante o período que estive viajando, porque cada loja era um valor e porcentagem diferente!), como exemplo: roupas e sapatos de até US$ 110 cada; produtos alimentícios não preparados e embalados; fraldas; remédios e medicamentos para pessoas.

7- DINHEIRO E CARTÃO DE CRÉDITO
Faça contas e programe-se quanto você pode gastar durante o período que estiver viajando. Vale a pena trocar o seu dinheiro nas casas de câmbio no Brasil, lembrando que é bom separar uma bolsinha para guardar as moedas, pois você receberá milhões de moedas o tempo todo no troco de cada compra. Utilize o cartão de crédito somente em casos de emergência, pois na hora do pagamento da fatura você poderá se surpreender com a cotação do dólar do dia + IOF + taxas do cartão.

8- FOTOS PROFISSIONAIS
Você não pode viajar para Nova York e não voltar com uma bela recordação, né?! Aproveite a viagem dos sonhos para contratar um ensaio fotográfico. Conheci a Vanessa Carvalho (@photovanessacarvalho), fotográfa brasileira e estou apaixonada pelas fotos que fiz 

New York 2019 Photo: Vanessa Carvalho Instagram: @photovanessacarvalho (photovanessacarvalho@gmail.com ) www.vanessacarvalho.com.br

Foto: Vanessa Carvalho – Instagram: @photovanessacarvalho – Site: www.vanessacarvalho.com.br

9- TRANSPORTE PÚBLICO
Se você vai ficar mais de uma semana em Manhattan, vale a pena comprar o Metrocard (cartão que dá acesso ao ônibus e metrô americano) que pode ser adquirido em qualquer estação de metrô, podendo ser pago através de cartão, moedas ou notas, de acordo com a disponibilidade de cada máquina. Pode ser adquirido em duas modalidades: Pagamento por uso (Pay-Per-Ride) ou ilimitado (Unlimited Ride MetroCard). O valor unitário é $3 por transporte, o período de 7 dias ilimitado custa $34 e o valor mensal é $121. Você consegue andar pela cidade toda através do trasporte público, então vale a pena investir no cartão dependendo do período que você vai ficar.
Além disso, baixe o aplicativo do metrô ou use o Google Maps para se localizar. Todos os lugares têm placas sinalizando saídas, destinos, tempo de espera de cada linha. Fique atento: pois em uma estação passam metrôs com mil destinos possíveis, fique de olho na placa/cor/número/letra/sentido hahaha

teka-nova-york-dicas

10- CHIP DE INTERNET
Não sei como teria sido os meus dias sem internet ilimitada no celular! Todos os dias eu colocava o endereço dos lugares que queria ir no Google Maps, pra entender o caminho, ter uma previsão de tempo para chegar e me programar melhor. Comprei meu chip no Brasil antes de embarcar na empresa Easysim4u e não tive problemas durante a viagem. Usei todos os aplicativos que eu precisava, baixei fotos, assisti vídeos, pesquisei rotas e funcionou muito bem.

teka-nova-york-dicas

11- ALIMENTAÇÃO
Se você preza por uma boa alimentação, já vou logo avisando: leve muitos dólares! hahaha Para se alimentar bem na cidade, a média de valores gastos por refeição é de $10 no café da manhã, $20 dólares no almoço e $20 dólares no jantar. Para restaurantes mais visados e procurados, dê uma olhada no site antes para fazer reservas, e não se esqueça das famosas “tips =gorjetas” (O valor das “tips” em Nova York geralmente fica entre 15 a 20% da conta nos restaurantes e bares. Já para motoristas de táxi, a média é dar de 10 a 15%) . Você consegue encontrar promoções em fast foods e pizzas baratas enquanto anda pela cidade. Além disso, os mercados têm muitas opções com preços bem acessíveis. Comprar água não precisa ser uma opção, pois todos os restaurantes tem “tap water” gratuita, é só você pedir.

teka-nova-york-dicas

12- ROUPA + SAPATO CONFORTÁVEL
Se você está indo para turistar, saiba que você vai andar o dia todo, até seu corpo gritar HELLLP ME! hahaha Saia do hotel com um sapato super mega ultra confortável. Se você for numa época fria (outono ou inverno americano! haha) saiba que vestir 500 blusas pra sair não é uma opção, pois calefação é algo básico em casas e estabelecimentos fechados. Ou seja, se você sair com mil blusas, vai entrar em cada local suando e ficar carregando todas as blusas! A dica é: uma blusa térmica + moletom + um casaco power + cachecol + luva + touca é suficiente.

Essas são algumas dicas para quem está se programando conhecer Nova York! Se tiverem alguma dúvida, é só comentar aqui ou me chamarem nas redes sociais :)



Como ganhar dinheiro com o Instagram?

publipost-inta

Olá! Hoje eu estava dando uma olhadinha no Facebook e vi uma ferramenta que calculava o valor de um post no Instagram e fui ler mais sobre isso! Atualmente, o número de pessoas que querem se manter utilizando apenas as redes sociais aumenta a cada dia e por isso resolvi compartilhar com vocês algumas coisas que li sobre isso.

O Instagram não tem uma maneira padrão de ganhar dinheiro, ao contrário do YouTube e seus anúncios do Google. Portanto, cabe a você, como influenciador, encontrar marcas dispostas a pagar diretamente.

instagram

Qualquer Instagramer que deseja ganhar dinheiro precisa se dedicar e se organizar! Você pode melhorar sua conta com algumas dicas:

  • Aperfeiçoando sua biografia, deixe claro quem é você em poucas palavras.
  • Publicando regularmente. Como a maioria das mídias sociais, no Instagram você deve postar diariamente ou semanalmente, dependendo do seu ritmo.
  • Seja você mesmo! Publique fotos que façam sentido com o seu dia a dia, seu estilo, o modo em que você vive.
  • Publicando fotos originais de alta qualidade. Experimente tirar fotos usando uma câmera! Você precisa ser conhecido por produzir um bom conteúdo.
  • Usando hashtags relevantes, para que as pessoas em seu nicho o encontrem por suas imagens. (interaja nessas hashtags também!)
  • Compartilhe no Stories o seu dia a dia, de uma forma que não seja cansativo e repetitivo.
  • Interagindo com seus seguidores – comente e dê like nas fotos, eles são mais propensos a fazer o mesmo em seu perfil.

Publicações patrocinadas

A forma mais comum de parceria entre marcas e influenciadores do Instagram é através de publicações patrocinadas. Nessa situação, uma marca normalmente entrará em contato com alguém que considere um influenciador e oferecerá para pagá-los para divulgação de algo.

Claro, para ser eficaz, um post patrocinado tem que ser compátivel com o nicho do influenciador e parecer como uma recomendação.

Muitas vezes essa publicações patrocinadas são realizadas por permuta. A permuta é como se você tivesse sendo paga em produtos da loja. Sempre deixe combinado com a marca/loja a quantidade de publicações que você vai fazer em suas redes sociais e como será divulgação dos produtos, deixando claro as regras e como será realizado.

publipost-inta

Use sua conta para comercializar seu próprio negócio

Se você é um instagramador de sucesso, grande o suficiente para ser considerado um influenciador, você pode promover seus próprios produtos. Mesmo os grandes nomes, como Justin Bieber, usam suas contas Instagram para esse propósito. Estes são semelhantes às postagens patrocinadas, exceto que as imagens são de seus próprios produtos.

Estas podem ser imagens de mercadorias que você criou especialmente por causa de sua fama, por exemplo, uma camiseta que promove seu feed Instagram, ou eles podem se referir a algum negócio ou produto com o qual você está envolvido.

Essas foram algumas dicas que encontrei no Influencer Marketing e adaptei algumas a minha realidade também. Vocês podem conferir a calculadora de publipost no site, lembrando que é realizado em dólar :) Vale lembrar que é sempre bom usar o bom senso!

Tradução e adaptação do texto:  Influencer Marketing Hub